Reganho de peso após a cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica é uma excelente opção de tratamento para pacientes com obesidade, ajudando a combater inclusive, outros problemas de saúde associados ao excesso de peso. Porém, deve-se ter consciência de que ela não resolve tudo.

Enquanto boa parte dos pacientes emagrece rapidamente, mantendo a eliminação do excesso de peso e atingindo a estabilidade, outros encontram dificuldade na manutenção do peso. Para o sucesso do tratamento é importante que o paciente esteja disposto a uma mudança comportamental significativa.

Os primeiros meses após a cirurgia são considerados como a fase em que a pessoa está motivada, seguindo à risca as orientações e entusiasmada com os resultados. Com o passar do tempo, o apetite aumenta e velhos hábitos podem retornar.

Em caso de reganho de peso o paciente deve, preferencialmente, procurar a equipe multidisciplinar responsável por sua cirurgia. A equipe deve receber este paciente e fazer o acolhimento sem discriminação. O paciente deve passar por investigação clínica, psicológica e nutricional para se descobrir onde está a falha. Após excluir-se causas de cirúrgicas para o reganho de peso, deve-se questionar se a falha não está nos hábitos do próprio paciente.

Com base nestas informações constatadas pode-se ajudar o paciente a descobrir o que está causando o aumento do peso e buscar tratamento adequado. Na maior parte dos casos o reganho de peso se dá por retorno a maus hábitos alimentares. Neste caso o paciente deve passar por uma readaptação alimentar, intensificar ou iniciar a prática de atividade física, adquirir hábitos saudáveis e começar acompanhamento psicológico ou psiquiátrico se necessário. Em alguns casos o uso de medicamentos para redução do peso pode ser utilizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *